O Projeto Fernando Rosado – Pianos, tem assumido ao longo dos seus 30 anos de existência uma papel preponderante na formação de técnicos de alto desempenho para o mercado nacional.

Fernando Rosado - FormaçãoFace ao crescimento permanente do número de clientes da Empresa e perante a necessidade de manter os níveis de qualidade de serviços e de capacidade de resposta, optámos por dar uma especial importância à formação de novos Técnicos.

Essa formação baseia-se essencialmente na introdução gradual de elementos jovens no seio da dinâmica empresarial, facultando-lhes assim uma aprendizagem sustentada e integrada na realidade da profissão e do mercado.

Perante os objetivos estratégicos da Empresa que passam por manter um formato de Empresa de Referência com um crescimento e dimensão controlados à medida da qualidade exigida, os Técnicos formados num regime de “aprendizagem prática”, são posteriormente lançados no mercado de uma forma gradual e sustentada, desenvolvendo a possibilidade de criar a sua própria carteira de clientes e colmatando o espaço criado pelo crescimento no próprio mercado.

Deste modo a Fernando Rosado – Pianos, cumpre a sua função ao nível da transmissão do património de conhecimento que possui e garante para além da criação de novos postos de trabalho altamente qualificados e a manutenção de altos níveis de qualidade na área técnica, o reconhecimento pelo mercado da Qualidade Sustentada, também ao nível da Formação. Do portfólio de Técnicos formados na Empresa fazem parte os melhores técnicos do País, reconhecidos a nível Nacional e Internacional.

FORMAÇÃO EXTERNA DE TÉCNICOS


Fernando Rosado - FormaçãoO primeiro projeto de Formação de Técnicos de Afinação e Reparação de Pianos teve início em 1992, e consistiu na formação dos Quadros Técnicos da casa Comercial “Vitorino Matono”, na área ligada aos Pianos.

Neste “Curso”, adaptado às necessidades da Empresa contratante, foram 3 técnicos nas áreas da Afinação, Reparação e Regulação de Pianos.

Dos três técnicos formados, todos obtiveram qualificação e vieram a exercer a profissão após o curso.

Em 1994, a Fernando Rosado  Pianos, preparou e desenvolveu e ministrou o Primeiro Curso de Afinação de Pianos para Cegos. O curso foi ministrado na A.P.E.C. (Associação Portuguesa para o Ensino dos Cegos).

FORMAÇÃO INTERNA


Fernando Rosado - FormaçãoA formação de Técnicos no interior da Empresa é feita num regime gradual e integrado. Não sendo a Empresa uma Escola ou um Centro de Formação, os jovens e adultos que temos formado, são numa primeira fase integrados no Atelier de reparação e restauro da área técnica e gradualmente vão tomando conhecimento e contacto com todos os elementos do Piano. Posteriormente, e de acordo com as suas aptidões e competências, a formação é dirigida de modo a obter o máximo rendimento dentro do potencial e apetência de cada futuro técnico.

Não existe um período preestabelecido de formação porque consideramos que os Técnicos estão “sempre” em formação, dada a complexidade e especificidade das várias vertentes da profissão.

Numa fase adiantada da formação, nunca antes de 4 ou 5 anos de formação permanente, os Técnicos formados começam gradualmente a participar nos trabalhos de maior responsabilidade e qualificação a cargo da Empresa, sendo gradualmente “apresentados” e responsabilizados perante o mercado (especialmente o mercado das Instituições e dos Profissionais).

De acordo com a sua vontade, apetência ou objetivos, os Técnicos seguramente bem formados e qualificados, permanecem no interior da empresa ou criam projetos paralelos com total autonomia.